Google+ Badge

terça-feira, 24 de julho de 2012

#AmeliaEarhart - #Fotos & #Videos da mais Importante #Aviadora do s #EUA

#AmeliaEarhart

A primeira aviadora que atravessou o Atlântico


A mais famosa aviadora da América nasceu em 24/julho 


cresceu num ambiente de riqueza e privilégio, graças ao seu avô materno, Alfred Otis. 


Amelia, conhecida como Milly, tinha 10 anos quando viu pela primeira vez um avião, na Feira Estatal de Iowa …e deste disse: 


“Era uma coisa de arame ferrugento e madeira e sem qualquer interesse…”.

Foi só em 1920 que o bichinho da aviação lhe mordeu, quando ela e o pai assistiram a um “encontro aéreo” em Daugherty Field, Long Beach. 



De capacete e óculos de protecção, embarcou num biplano de cockpit aberto para um voo de 10 minutos sobre Los Angeles. Ficou encantada e pouco depois seguiram-se as lições de pilotagem.

Em Outubro de 1922, Amelia deu início à sua participação em tentativas de ultrapassar recordes e estabeleceu o recorde de altitude para mulheres nos 14.000 pés (4.340 metros). 


No Outono de 1925, Amelia mudou-se para Boston e juntou-se à divisão local da Associação Nacional de Aeronáutica. 


Durante este tempo, tirou todas as vantagens das circunstâncias de promoção do voo, especialmente para as mulheres, tornando-se assunto comum nos jornais. 




O “Boston Globe” considerou-a “uma das melhores mulheres-piloto dos Estados Unidos”.

O editor nova-iorquino George Putnam, impressionado com Earhart, organizou a viagem para que ela se tornasse a primeira mulher a atravessar o Atlântico de avião, a 3 de Junho de 1928, ainda que como passageira.

Posteriormente ela casou com ele e Putnam desenvolveu-a como personalidade pública ao ponto de a 20 de Maio de 1932, quando atravessou sozinha o Atlântico, Amelia ser a mulher mais aclamada do mundo, considerada herói nacional e recebendo vários prémios e celebrações.

Uma viagem sozinha à volta do mundo era a progressão natural, mas uma primeira tentativa, em 1935, não teve sucesso, quando se despenhou ao descolar perto de Pearl Harbour. 


Sem se dar por vencida, depois da reconstrução do seu Electra, voltou a tentar, partindo de Miami, Florida, a 1 de Junho de 1937.

A sua rota levou-a por Porto Rico e, depois, pela ponta noroeste da América do Sul para África, do Mar Vermelho para o Paquistão (mais uma estreia; ninguém antes tinha voado continuamente entre o Mar Vermelho e a Índia). 


Depois de alguns atrasos por causa do tempo, partiu para a Austrália e para Lae, na Nova Guiné. 


Nessa altura já tinha viajado 22.000 milhas (35.420 km), faltando-lhe 7.000 milhas (11.270 metros).

Partindo tarde a 2 de Julho, Amelia fez o seu último contacto através do rádio às 20:00 GMT para o navio Itasca da Guarda Costeira dos EUA e, apesar de uma operação de busca no valor de $4 milhões autorizada pelo presidente Roosevelt, que envolveu 66 aviões e 9 navios nunca mais se encontraram vestígios de Earhart ou do seu avião














Curiosidades

Na época houveram numerosas teorias !populares" sobre as razões do seu desaparecimento e, entre elas, as mais comuns eram que:
  • Amelia estava numa missão de espionagem autorizada pelo presidente Roosevelt e foi capturada.
  • Propositadamente mergulhou o seu avião no Pacífico.
  • Foi capturada pelos japoneses e forçada a se omitir para os soldados americanos como a “Rosa de Tóquio” durante a II Guerra Mundial.
  • Viveu durante anos numa ilha do Pacífico Sul com um pescador local.
MAIS FOTOS




EM 1930 UMA REVISTA DE TRABALHOS MANUAIS COM AGULHAS FEZ COM ELA UMA REPORTAGEM ONDE ELA DIZIA O QUE AS MULHERES PODIAM FAZER PELA AVIAÇÃO AO INVÉS DE FICAR SÓ EM CASA "TRICOTANDO":

            



                               

                      

                         fotos para a revista de Needlecrafts em mai/1930


ALGUMAS OUTRAS FOTOS:


photo 1932  Amelia Earhart circa 1932 Lockheed Aircraft foto original inédito.

                   

                    foto em 1936




                  
                  sunday morning - foto dela tirada em 1936 já na página.


      

     Amelia Earhart Por Sua Lockheed Electra 10E, Burbank, 

     Califórnia, 1936


                       

                                foto 10 x 8 em jaqueta de couro


                              

                               Amelia Earhart Em Frente de Prop da Electra

                   

                                 selo comemorativo de 30 anos de seu desaparecimento

                                                    
                                                                             photo 1932


                                                   
                                                                           selo de 1949

                 
                  novo selo emitido em 1963


                   
                     raro - selo e envelope onde ela rabiscou - 1932 - 1 - tampa air race

                     
                      raro - selo e envelope onde ela rabiscou - 1932 - 2 - tampa air race



                        
                         raro - autógrafo assinado por ela 


                        
                        Amelia Earhart circa 1932 airshow Pusher Curtiss foto original inédito

                                                 Imagem do item
                                         Amelia Earhart mistério resolvido? UK EDIÇÃO 1DAY 2012

                         
                         cartão de vôo de Amélia

                                                                                 Imagem do item

    Amelia Earhart Coragem Cartaz Inspirado 11,7 "x16.5" | 297x420mm

                         Imagem do item

Imagem do item

RARE 16 milímetros filme filme NEWS 1937 Último AMELIA ESPANHA CIVIL Earhart filme de guerra

             
             CT-575 PHOTO aba Amelia Earhart publicado Transporte Aviação Pilotos
          Earhart


2 FDCs C68 Amelia Earhart



Amelia Earhart Aviatrix Histórico Reprodução Fotografia da cópia 4x6

                           

              Amy Johnson & AMELIA FOTOGRAFIA Earhart DE 1933



        
        1932 Amelia Earhart 8X10




POSTER ORIGINAL DA APPLE COM ELA DIZENDO "PENSE DIFERENTE":

                             

                         Amelia Earhart 24 "X 36" "pense diferente" Poster original dos
                      computadores Apple


                              
                         Amelia Earhart Aviatrix Histórico Reprodução Fotografia da cópia 4x6 3

               
               Fotografia Retrato sensual do Aviador Amelia Earhart

Imagem do item
aeronaves da aviação avião de Amelia Earhart - 5 existem


                    
                     1929 Amelia Earhart Lockheed Vega AVIÃO PLANE PHOTO

Imagem do item
1932 - Revisão Aérea - San Diego - Funcionários Olímpicos / Bem-vindo Amelia Earhart


Fotografia real VINTAGE, terra natal de Amelia Earhart, Atchison, Kansas


Amelia Earhart - TRANSATLÂNTICA PRIMEIRO NONSTOP POR Aviatrix - Medalha Comemorativa



                   Imagem do item

Sapatos Amelia Earhart: É o mistério resolvido, Thomas F. King, Randall Jacobson?


"Amelia Earhart" 75 º Aniversário ano desaparecido pathtag moeda geocoin alternativa




                                                                   




AMELIA DE ALÍVIO Earhart ALTA MEDALHA-KANSAS, STATEHOOD 

colecção de medalhas ART



Imagem do item
"Amelia Earhart" AC geocoin / pathta g definir comemorativa 75 anos Coin novos e Un


Amelia Earhart colorida 24k moedas impressos 617a 

CT-717 PHOTO aba Amelia Earhart





Amelia Earhart AUTÊNTICO ASSINATURA 8 de abril de 1936 ROTARY CLUB KIWANAS CLUB










RADIO LOG


Amelia Earhart Aviador perdido em 1937 em viagem à volta do mundo (3 notícias)

CT-706 PHOTO aba Amelia Earhart





Amelia Earhart TAMPA maio 1938 

*** NOVA YORK CENTEIO COM NEWS *** CLIPPING DE PAPEL




Medallic Artes Amelia Earhart Statehood Kansas

Medallic Artes Amelia Earhart Statehood Kansas


Amelia Earhart Smiles Antes de 1930 seguida por uma Multidão


Foto: Electra Amelia Earhart sobre San Francisco Durante a Segunda Tentativa de vôo

Amelia Earhart Aviatrix Histórico Reprodução Fotografia da cópia 4x6

                
                  FOTO: Amelia Earhart VESTE CAPACETE DE VÔO & PÉROLAS 1926


Foto: Amelia Earhart Com autogiro Após recorde mundial de altitude, Abril, 1931


  
Amelia Earhart Signature Autograph Handprint Assinado


                
                                                            re-impressão posterior de foto

             
                      Foto: Amelia Earhart Putnam & Marido G. Last Goodbye

Foto Ultimo da Lockheed Electra de Amelia Earhart, Lae, 02 de julho de 1937

                     

                                   Amelia Earhart Lockheed Model 10 Electa Autógrafos Foto



Amelia Earhart PHOTO 1937 pioneiro da aviação americano Distinguished Flying Cross

Eddie Rickenbacker e Jimmy Doolittle assinado Amelia Earhart capa primeiro dia


Amelia Earhart assinatura de hortelã em um estoque grosso do cartão - aviatrix

Imagem do item

 
Amelia Earhart "se divertir" cópia assinada 1 ª Edição 1932, com sobrecapa

1932 AMELIA DIREITOS IGUAIS PARA AS MULHERES 
Earhart PRESIDENTE JORNAL PHOTO HOOVER




      
                      Foto: Amelia Earhart, Harry Manning & Fred Noonan 1937

               Imagem do item
                  1937 julho da revista LIFE 19 - Amelia Earhart - Boy Scouts boas condições


Foto: 4x6: Amelia Earhart e piloto Paul Mantz Com Mapa

          
          Foto: Amelia Earhart Na Sua Landing Ultimo Seguro, Lae, 1937

Press Photo 1971 Amelia Earhart

1994 Amelia Earhart avião em março de Exército Base Aérea de Arame Foto


Foto: A última foto conhecida de Amelia Earhart, Lae 1937

Foto Amelia Earhart & George Palmer Putnam: Rye, NY


                      
                  MC PHOTO AHR-620 Amelia Earhart Pilot Transporte Aviação Pilotos Earhart, AM

                     
                          12 4 "x6" FOTOS Amelia Earhart "Lady Lindy" 1920-30s


                     

                      

                     

12 4 "x6" FOTOS Amelia Earhart "Lady Lindy" 1920-30s


                     
                      CT-705 PHOTO aba Amelia Earhart
Authentic Amelia Earhart Vôo Jacket w / COA




                       
                        BS-647 PHOTO aam Amelia Earhart

AMELIA MECÂNICO Earhart LOUIS "LOU" GORDON ASSINADO TAMPAAMIZADE FDC WALES


Cópia do cartaz: Grand: Amelia Earhart em Vega Com Multidão

                  
                  Foto 5x7 Amelia Earhart Poses no telhado do Copley Plaza

Amelia Earhart "Lady Lindy" LOS ANGELES CIRCA 1928 8X10

LOCKHEED Amelia Earhart VEGA pendurado no Franklin Institute, 8 JAN 1942!


CT-617 PHOTO aba Amelia Earhart publicado Transporte Aviação Pilotos Earhart

                       
            1935 Yuma Examiner Amelia Earhart voa sobre Pacific, Lindbergh julgamento

                     
                    Amelia Earhart retrato mulher lona 8x10 piloto

1974 Press Photo Charles A, Lindbergh com Mrs.Amelia Earhart.

Mulheres FLY Café Inc. Caneca / copo w / Amelia Earhart Citação LNC estilo pesado restaurante


1976 Atriz de Imprensa Foto Susan Clark protagoniza "Amelia Earhart"


                        Imagem do item
                                Oriente para o Dawn: The Life of Amelia Earhart


1937/06/02 Waco Texas News-Tribune Newspaper Amelia Earhart Aviação viagem mundial


Boston 1926

Imagem do item
CT-679 PHOTO aba Amelia Earhart


Foto: Amelia Earhart e Putnam marido G. No Air Show

CT-722 PHOTO aba Amelia Earhart

Foto: Sépia: Amelia Earhart Smiles Enquanto em seu carro

              
   05 de julho de 1937 O famoso aviador Amelia Earhart em falta no Mar - Fotografia de Notícias


                  
                  Foto: Amelia Earhart Com piloto Paul Mantz & Electra



1935 13/1 Newspaper recortes * Amelia Earhart "Colagem * JGN

Foto Sépia Amelia Earhart & Piloto Paul Mantz & Electra

                      
                      Amelia Earhart (1897-1937?) FOTO ASSINATURA w / IMPRESSO

PESQUISA 060780CR para Amelia Earhart PARTE 12 DE 12 SÉRIE 21 de junho de 1967 JORNAL

                  
PESQUISA 060780CR para Amelia Earhart PARTE 12 DE 12 SÉRIE 21 de junho de 1967 JORNAL


                   Imagem do item
                    Biografia: Amelia Earhart DVD

Imagem do item

Amelia e Eleanor Ir para um Earhart Ride & Aviação Roosevelt Pilot Primeira Dama

WWWWW = Foto 8x10 = vintage de vidro emoldurada == (AMELIA AVIÃO Earhart) WWWWW

               

              Foto: Amelia Earhart: The Transcontinent Bendix Raça al


                   
                         Amelia Earhart Lockheed Electra Photo Print Amelia Earhart selo postal

Imagem do item
Assobiou Like A Bird ~ ~ DON Blanding Ameli A Earhart HB wDJ

                
                Amelia Earhart em Beech-Nut autogiro, 1931 - Foto 8x10

Imagem do item
Filme ainda ~ ~ Rosalind Russell Vôo para a Liberdade (1943) Amelia Earhart, a aviação



1975 Galeria de FM da Grã-americanos 1 1/2 medalha "de bronze - Amelia Earhart


                        
                        Press Photo 1994 Amelia Earhart Jurado para AF


Foto: Amelia Earhart e Fred Noonan Inspecionando Mapa


   

                    
1920 Aviatrix Amelia Earhart da High School Yearbook ~ Chicago ~ ~ Piloto Kinner Airster

2706130WR AVIATOR Amelia Earhart NOONAN MISSING LOCKHEED 
03 de julho 1937 - JORNAL

             
             Foto: Amelia Earhart Por Sua Lockheed Electra 10E, Burbank, Califórnia, 1936

Imagem do item
Manobras aéreas Amelia Earhart 1932 JOGOS OLÍMPICOS

                
                Amelia Earhart # 1 Foto - 8X10

               
                Amelia Earhart relaxante retrato mulher lona 8x10 piloto

               
               Graduação da foto Amelia Earhart Escola Secundária Foto 5x7

               
                CA-579 PHOTO bcf Amelia Earhart Transporte Aviator Aviação aviadores, pilotos

Amelia Earhart Foto Aviator Pilot 


Imagem do item
Amelia Earhart VÔO FINAL COBRE 1937 MINT EM CASO rara demonstração

            
            Amelia Earhart em 1935 - Foto Retrato 8x10

            
           Amelia Earhart retrato mulher piloto 8x10 tela preto e branco

          
                 Amelia Earhart uma foto 8x10 fotografia bxw # 102

              
              1976 Press Photo Susan Clark Atriz Amelia Earhart filme NBC

Press Photo O ex-presidente Herbert Hoover, Mary Pickford, Amelia Earhart

CT-708 PHOTO aba Amelia Earhart

                 
                  1928 Amelia Earhart 8X10 Foto - Buy 2 Get 1 Free



                     
                     1935 Amelia Earhart com FOTO Scooter Gas

                             
                             Foto "Amelia Earhart, aos 35 anos"

                     

Fatos

Nome de nascimento: Amelia Earhart Maria
Nascimento: 24 de julho de 1897
Local de nascimento: Atchison, Kansas
Faleceu: 02 de julho de 1937, em rota de Lae, Nova Guiné e Ilha Howland
Casado: 7 de fevereiro de 1931, de George Putnam
  • Apesar de ter de assistir a seis diferentes escolas de ensino médio, ela foi capaz de formar a tempo.
  • Earhart foi chamado de "Lady Lindy" porque sua construção slim e características faciais parecido com o de Charles Lindbergh.
  • Earhart se recusou a vestir típico voando engrenagem, ela usava um terno ou vestido em vez de "alta-pão da aviação togs", um chapéu bem aderentes ao invés de um capacete, não colocar os óculos até que ela taxiava até o fim do campo e removê-las imediatamente após o pouso.
  • Ela desenvolveu uma amizade com Eleanor Roosevelt, que queria aprender a voar.Earhart tinha planejado para ensiná-la, para que a primeira-dama ainda teve sua permissão de estudante.
  • Earhart conheceu Orville Wright no Instituto Franklin, na Filadélfia, em 1937, mesmo ano em que ela desapareceu.
  • Earhart teve tal impressão em público que as pessoas muitas vezes escreveu e disse-lhe sobre a nomeação de bebês, lagos e até mesmo os pombos-correio "Amelia".
  • O governo dos Estados Unidos gastaram 4 milhões à procura de Earhart, o que tornava o ar mais caro e intensivo e busca mar na história nesse momento.
  • Ela era a mulher 16 para receber uma licença de piloto da FAI (Licença N º 6017).

Conquistas

  • 03 de janeiro de 1921 - Iniciou aulas de vôo com Neta Snook
  • Julho 1921 - Comprado primeiro plano, Kinner Airster (Canárias)
  • 22 de outubro de 1922 - quebrou o recorde feminino de altitude quando ela subiu para 14.000 pés
  • 17-18 junho, 1928 - Primeira mulher a cruzar o Atlântico; 20hrs 40min (Fokker F7, Amizade)
  • Verão 1928 - Comprou um Avro Avian, um pequeno avião Inglês famoso por Lady Mary Heath, o piloto da Grã-Bretanha mulher acima de tudo ele tinha voado solo de Capetown, África do Sul para Londres
  • Outono 1928 - livro publicado 20 horas e 40 minutos, visitou e fez palestras; tornou-se editor da revista Cosmopolitan da aviação
  • Agosto 1929 - terceiro colocado no ar as primeiras mulheres Derby, aka o Derby sopro de pó; atualizado a partir de sua aviária para um Lockheed Vega
  • Outono 1929 - Eleito como um funcionário da National Aeronautic Association e incentivou a Federação Aeronáutica Internacional (FAI) para estabelecer altitude mundo separado, velocidade e registros de resistência para as mulheres
  • 25 de junho de 1930 - recorde mulheres de Set de velocidade para 100 quilômetros sem carga, e com uma carga de 500 kg
  • 05 de julho de 1930 - recorde de velocidade para Set de 181,18 mph durante um curso 3K
  • Setembro 1930 - ajudou a organizar e se tornou vice-presidente de relações públicas para a nova companhia aérea, New York, Filadélfia e Washington Airways
  • 08 de abril de 1931 - recorde Set mulher altitude autogiro com 18,415 pés (em um autogiro Pitcairn)
  • 20-21 maio, 1932 - Primeira mulher a voar sozinha sobre o Atlântico; 14 horas 56 min (foi também o 5 º aniversário da Atlantic Lindberg de vôo; concedido medalha de ouro National Geographic Society do presidente Herbert Hoover, o Congresso concedeu-lhe a Cruz Voadora Distinguished ; escreveu para o divertimento dele sobre sua jornada
  • 24-25 agosto de 1932 - Primeira mulher a voar sem escalas de solo costa a costa; registro de mulheres de Set velocidade sem parar transcontinental, voando 2,447.8 quilômetros em 5min 19hrs
  • Queda 1932 - Presidente eleito do Ninety Nines, um clube de mulheres novas de aviação que ela ajudou a formar
  • 07-08 julho, 1933 - quebrou seu recorde anterior transcontinental, fazendo o mesmo vôo em 7min 17hrs
  • 11 de janeiro de 1935 - Primeira pessoa a solo de a distância 2408 milhas através do Pacífico, entre Honolulu e Oakland, na Califórnia, também primeiro vôo em um avião civil carregava um rádio de duas vias
  • Abril l9 - 20, 1935 - Primeira pessoa a voar solo a partir de Los Angeles à Cidade do México; 13hrs 23min
  • 08 de maio de 1935 - Primeira pessoa a voar solo sem escalas de Cidade do México para Newark; 14hs 19min
  • 01 de junho de 1937 - Começou a voar ao redor do mundo junho 1937; primeira pessoa a voar a partir do Mar Vermelho para a Índia



Amélia era uma mulher fotogênica, com uma atitude gentil e caloroso sorriso. Aproveite esta oportunidade para ver imagens de sua vida e viagens ao redor do mundo.

Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart


Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart


Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart


Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart  Amelia Earhart


                  


           
             photo 8 x 10



photo 4 x 62





Amelia Earhart Next To Merrill Plane, LA, 1928


aviatrix photo press - 1928



Imagem do item
amélia botton





















                           




Cópia da propaganda (se chamava cartaz) de  Amelia Earhart, Electra & Cord Convertible




                 




Imagem do item

Manchete de jornal VINTAGE ~ Amelia Earhart AVIÃO VÔO acidente de avião SOS PERDIDO








Biografia COMPLETA

Quando 10-year-old Amelia Earhart Maria viu seu primeiro avião em uma feira estadual, ela não ficou impressionado. "Foi uma coisa de arame enferrujado e madeira e parecia nem um pouco interessante", disse ela. Não foi até Earhart participou de uma exposição stunt-voador, quase uma década mais tarde, que ficou seriamente interessado em aviação. Um piloto avistou Earhart e seu amigo, que estavam assistindo a partir de uma clareira isolada, e mergulhou neles. 

"Tenho certeza que ele disse a si mesmo," Watch me fazê-los correr ", disse. Earhart, que sentiu uma mistura de medo e prazer, manteve sua posição. Quando o avião voou por, algo dentro dela despertou. "Eu não entendi na época," ela disse, "mas acredito que avião vermelho pouco me disse algo como swished por". Em 28 de dezembro de 1920, o piloto Frank Hawks deu-lhe um passeio que mudaria para sempre sua vida. "Até o momento eu tinha conseguido duas ou três centenas de metros do chão", disse ela, "eu sabia que tinha de voar."

Embora convicções Earhart eram fortes, difíceis obstáculos prejudiciais e financeiro esperava.Mas o ex-moleque não era estranho à desaprovação ou dúvida. Comportamento convencional Defying feminino, a Earhart jovem subia em árvores "barriga-bateu" o seu trenó para iniciá-lo ladeira abaixo e caçavam ratos com um rifle .22. Ela também manteve um álbum de recortes de jornais sobre mulheres bem-sucedidas em predominantemente masculina campos orientados, incluindo direção de cinema e produção, direito, publicidade, gestão e engenharia mecânica.

Depois de se formar a partir de Hyde Park, em High School de 1915, Earhart participaram Ogontz, escola de acabamento de uma menina nos subúrbios de Filadélfia. Ela deixou no meio do seu segundo ano para trabalhar como auxiliar de enfermagem em um hospital militar no Canadá durante a Primeira Guerra Mundial, freqüentou a faculdade, e mais tarde tornou-se um assistente social em Denison House, uma casa de liquidação em Boston. Earhart teve sua primeira lição de vôo em 03 de janeiro de 1921, e em seis meses conseguiu economizar dinheiro suficiente para comprar seu primeiro avião. A segunda mão Kinner Airster era um biplano de dois lugares pintados de amarelo brilhante. Earhart chamado plano "Canário", e é usado para definir suas registro das primeiras mulheres a subir para uma altitude de 14.000 pés.

Uma tarde, em abril de 1928, um telefonema veio de Earhart no trabalho. "Estou muito ocupado para responder apenas agora", disse ela. Depois de ouvir que era importante, Earhart cedeu embora no início ela achava que era uma brincadeira. Não foi até que o chamador fornecido excelentes referências que ela percebeu que o homem estava falando sério. "Como você gostaria de ser a primeira mulher a voar sobre o Atlântico?" , perguntou ele, para que Earhart prontamente respondeu: "Sim!" Depois de uma entrevista em Nova York com os coordenadores do projeto, incluindo editora eo publicitário George P. Putnam, ela foi convidada para se juntar piloto Wilmer "Bill" Stultz e co-pilot/mechanic Louis E. "Slim" Gordon. 

A equipe deixou Trepassey porto, Terra Nova, em um Fokker F7 chamado Amizade em 17 de junho de 1928, e chegou a Burry Port, no País de Gales, cerca de 21 horas depois. Seu vôo marco fez manchetes em todo o mundo, porque três mulheres morreram dentro de um ano tentando ser aquela mulher em primeiro lugar. Quando a tripulação voltou para os Estados Unidos, eles foram recebidos com um desfile em Nova York e uma recepção organizada pelo presidente Calvin Coolidge na Casa Branca.

A partir de então, a vida de Earhart girava em torno do vôo. Ela ficou em terceiro no Ar da Mulher Cleveland Derby, mais tarde apelidado de "Powder Puff Derby", de Will Rogers. Quis o destino que ele, sua vida também começou a incluir George Putnam. Os dois desenvolveram uma amizade durante a preparação para a travessia do Atlântico e se casaram 07 de fevereiro de 1931. Com a intenção de manter sua independência, ela se refere ao casamento como uma "parceria" com o "duplo controlo".

Juntos, eles trabalharam em planos secretos para Earhart para se tornar a primeira mulher ea segunda pessoa a solo do Atlântico. Em 20 de maio de 1932, cinco anos depois do dia Lindbergh, ela tirou do porto de Grace, Terra Nova, para Paris. Os ventos fortes do norte, as condições geladas e problemas mecânicos atormentado o vôo e obrigou a pousar em um pasto perto de Londonderry, na Irlanda. 

"Depois de assustar a maioria das vacas no bairro", disse ela, "eu puxei para cima no quintal de um fazendeiro de volta." Como a palavra de sua propagação vôo, os meios de comunicação a cercava, tanto no exterior e nos Estados Unidos.Presidente Herbert Hoover apresentado Earhart com uma medalha de ouro da Sociedade Geográfica Nacional. Congresso concedeu-lhe o Flying Cross-Distinguished o primeiro dado a uma mulher. 

Na cerimônia, o vice-presidente Charles Curtis elogiaram sua coragem, dizendo que ela exibida "coragem heróica e habilidade como um navegador com o risco de sua vida."Earhart sentiu o vôo mostrou que homens e mulheres são iguais em "empregos que exigem inteligência, coordenação, velocidade, frieza e força de vontade."

Nos anos que se seguiram, Earhart continuou a quebrar recordes. Ela estabeleceu um recorde de altitude de 18,415 pés de autogyros que estavam há anos. Em 11 de janeiro de 1935, ela se tornou a primeira pessoa a voar solo através do Pacífico a partir de Honolulu para Oakland, Califórnia. Refrigerados durante o vôo 2408 milhas, ela descompactado uma garrafa térmica com chocolate quente. "Na verdade," ela disse, "que foi a copa mais interessante de chocolate que eu já tive, sentando-se oito mil pés sobre o meio do Oceano Pacífico, muito sozinho." Mais tarde naquele ano, ela foi a primeira a solo de Cidade do México para Newark. Uma grande multidão "transbordou o campo", e correu avião de Earhart. 

"Eu fui resgatado do meu avião por policiais husky", disse ela, "um dos quais na confusão que se seguiu tomou posse de meu braço direito e outro da minha perna esquerda". Os policiais chefiado por um carro da polícia, mas optou por rotas diferentes. "O braço de suporte, começou a ir por um caminho, enquanto que aquele que apertou minha perna estabelecido na direção oposta. O resultado proporcionou a vítima com um gosto fugaz das torturas do rack. Mas, para isso," ela disse bom- humorada: "Foi bom estar em casa novamente."

Em 1937, como Earhart se aproximava de seu aniversário de 40 anos, ela estava pronta para uma obra monumental, e final, desafio. Ela queria ser a primeira mulher a voar ao redor do mundo. Apesar de uma tentativa fracassada em março, que severamente danificado seu avião, um Earhart determinado tiveram o gêmeo motor Lockheed Electra reconstruída. 

"Eu tenho um sentimento que não se trata apenas de mais um bom voo saiu no meu sistema, e espero que esta viagem é", disse ela. Em 01 de junho, Earhart e seu navegador Fred Noonan partiram de Miami e começou a viagem de 29.000 milhas. Em junho de 29, quando eles desembarcaram em Lae, Nova Guiné, mas todas as 7.000 milhas tinham sido concluídos.Freqüentemente mapas imprecisos tinha feito navegação difícil para Noonan, e seu próximo salto - a Ilha Howland - foi de longe o mais desafiador. 

Localizado 2.556 quilômetros de Lae, no meio do Pacífico, Ilha Howland é um quilômetro e meio de comprimento e um quilômetro de largura. Cada item não essencial foi retirado do avião para abrir espaço para adicional de combustível, o que deu Earhart aproximadamente 274 milhas extras. Os EUA Coast Guard cortador de Itasca, seu contato de rádio, estava estacionado perto da praia da Ilha Howland.Dois outros navios dos EUA, mandou queimar todas as luzes a bordo, foram posicionados ao longo da rota de vôo como marcadores. "Howland é um ponto tão pequeno no Pacífico que toda ajuda para localizá-lo deve estar disponível", disse Earhart.

Na hora local 10:00, zero hora de Greenwich em 2 de julho, a dupla decolou. Apesar de as previsões meteorológicas favoráveis, que voou em céu nublado e pancadas de chuva intermitente. Isso fez com que o método principal de Noonan de rastreamento, navegação astronómica, difícil. 

Como o amanhecer se aproximava, Earhart chamado ITASCA, relatando "tempo nublado nublado." Em transmissões posteriores Earhart perguntou o ITASCA tomar rolamentos sobre ela. O ITASCA enviou-lhe um fluxo constante de transmissões, mas ela não podia ouvi-los. Suas transmissões de rádio, irregulares durante a maior parte do vôo, foram fraco ou interrompido com estática. Às 7:42 am a Itasca pegou a mensagem: 

"Nós devemos estar sobre vocês, mas não podemos vê-lo. Combustível está acabando. Sido incapaz de alcançá-lo pelo rádio. Estamos voando a 1.000 pés." O navio tentou responder, mas o avião parecia não ouvir. Às 8:45 Earhart relatou: "Nós estamos correndo para o norte e sul." Nada mais foi ouvido de Earhart.

A tentativa de resgate começou imediatamente e se tornou o ar mais extensa e pesquisa em história naval do mar até agora. Em 19 de julho, depois de gastar US $ 4 milhões e lavagem de 250.000 quilômetros quadrados de oceano, o governo dos Estados Unidos relutantemente cancelou a operação. 

Em 1938, um farol foi construído na Ilha Howland em sua memória. Nos Estados Unidos existem ruas, escolas e aeroportos em homenagem a ela. Seu local de nascimento, Atchison, Kansas, foi transformado em um santuário virtual para sua memória.Prêmios e bolsas de estudo Amelia Earhart são dadas a cada ano.

Hoje, embora muitas teorias existem, não há nenhuma prova de seu destino. Não há dúvida, porém, que o mundo vai sempre lembrar Amelia Earhart pela sua coragem, visão e objectivos alcançados, tanto na aviação e para as mulheres. Em uma carta a seu marido, escrito no caso de um vôo perigoso provou ser sua última, esse espírito corajoso era evidente. 

"Por favor, sei que sou bastante cientes dos riscos", disse ela. "Eu quero fazer isso porque eu quero fazê-lo. As mulheres devem tentar fazer as coisas como os homens tentaram. Quando eles falham, o seu fracasso deve ser, mas um desafio para os outros."







Sinais dos últimos dias de Amelia Earhart? (Discovery News)
06/03/10

Tentadoras pistas novas estão surgindo no mistério Amelia Earhart, de acordo com pesquisadores vasculhando uma remota ilha do Pacífico Sul acredita ser o local de repouso final da lendária aviadora.

Três peças de um canivete e fragmentos do que poderia ser uma jarra de vidro quebrado cosméticos está adicionando novas evidências de que Earhart e seu navegador Fred Noonan desembarcou e morreu como náufragos em Nikumaroro, uma ilha deserta tropical no Pacífico sudoeste República de Quiribati. A ilha foi cerca de 300 quilômetros a sudeste de seu destino-alvo, Howland Island.




O que aconteceu com Amelia Earhart? 
11/04/09

Em 17 de março de 1937, primeira tentativa de Earhart a circunavegar o mundo não foi muito longe. Depois de viajar da Califórnia para o Havaí, seu avião teve problemas mecânicos e foi aterrada. O avião acabou severamente danificado e teve que ser transportado de volta para a Califórnia para reparos. Earhart fez sua última tentativa, dois meses depois.

Silenciosamente, Earhart e Noonan tripulante Fred deixou a Califórnia para Miami começando sua segunda tentativa de circum-navegação. Em 1 de junho, ela decolou de Miami e viajou 22.000 km antes de chegar em Nova Guiné. Earhart teve 7.000 milhas do Oceano Pacífico à esquerda. Em 2 de julho, a dupla deixou Lae, Nova Guiné para Howland Island.

Earhart dificuldades técnicas na abordagem Ilha Howland. Existem várias teorias sobre o que aconteceu desde a antena danificada a confusão por parte de Earhart. Não há nenhuma maneira de saber ao certo. O que aconteceu, Earhart e Noonan perdeu a ilha e começou a ficar com pouco combustível. Logo depois, o avião caiu.

Amelia Earhart tentou informar resgate de sua localização. Transmissões continuou por alguns dias depois que eles abandonaram. No entanto, os socorristas não puderam fazer uso delas para encontrar o avião abatido. 

A Marinha dos EUA juntaram a busca, mas não deu em nada. Houve alguma evidência de um acidente na ilha Gardner, mas desde que a ilha foi considerada deserta, foi descontado. Em vez disso, a marinha focada no oceano aberto. Após a pesquisa oficial terminou, marido de Earhart, George Putnam, continuou a busca por conta própria. Eventualmente, ele desistiu e teve seu declarado morto em 1939.

Após seu desaparecimento, surgiram várias teorias conspiratórias. Alguns alegaram que Earhart e Noonan eram espiões americanos capturados e executados pelos japoneses.Outros acreditam que os japoneses capturaram a aviadores e assassinado, mas eles não eram espiões. 

Uma teoria bizarra afirma que ela voltou para a América e vivia sob um nome falso. Ainda uma outra, popular após a Segunda Guerra Mundial, argumentou Earhart foi a propaganda infame japonesa, Tokyo Rose. Não há nenhuma evidência para apoiar qualquer dessas alegações.

Durante anos, a maioria dos pesquisadores acredita que o avião caiu no oceano. No entanto, exames recentes de Gardner Ilha apareceram evidências intrigantes. Por exemplo, um esqueleto de uma mulher branca foi encontrada em 1940. Infelizmente, ele desapareceu.Além disso, ferramentas improvisadas, plexiglas, um zíper, o calcanhar de inicialização de uma mulher em tamanho Earhart, e um painel de alumínio foram encontrados. Embora nada colocando Earhart na ilha diretamente foi descoberto, os artefatos são tentadoras.

O que aconteceu com Amelia Earhart permanecerá um mistério até que seus restos mortais são encontrados e identificados. Até então, só há especulação. A Ilha Gardner encontra fornecer evidência circunstancial de que aponte para um acidente e posteriores tentativas de sobrevivência. 

Infelizmente, os restos mortais encontrados pelos britânicos foram perdidos. O que aconteceu, Earhart foi um piloto habilidoso e inspiração para homens e mulheres em toda parte os aviadores. Como John F. Kennedy, Amelia Earhart deve ser lembrado por aquilo que não realizada e como ela morreu.

OBS: COMPARTILHADO DO SITE OFICIAL DE AMÉLIA EARHART.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui a sua opinião ou comentário será sempre muito oportuno e benvindo! Obrigada!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

PROCURE E ASSISTA AQUI OS MELHORES VIDEOS DO YOU TUBE!